Vídeoaulas, preces e orações no canal: https://www.youtube.com/user/astromileniochannel





Um breve artigo sobre as mudanças na Terra e o novo Papado.

O ano de 2013 marca uma etapa de transformações em várias áreas do domínio humano e, também, da natureza.
O início deste milênio - a primeira década - funcionou como um alerta para as nossas consciências.
Algumas pessoas, com maior conexão com forças evolutivas ou sensíveis, puderam sentir que novos ventos soprariam para a raça ariana, mas a maioria se manteve adormecida e robotizada pela mecanicidade das suas rotinas e compreendeu os sinais como fatores corriqueiros, aceitando falsos argumentos da mídia e desdém a respeito dos assuntos que envolvem os mistérios da vida sobre a Terra.
O número treze representa a passagem, a despedida, o término, a morte, o fim, a transformação, o velho dando lugar ao novo, etc.
Neste ano, poderemos constatar, não através da razão, mas da consciência crística, do espírito, o quão frágil é a vida nas mãos irresponsáveis de muitos homens e as mudanças que fortes Instituições sofrerão a partir deste marco histórico.
No caso da transição do Papado, o número treze acompanha esta frequência:
São 265 Papas citados, gerando a somatória do número treze.
O dia 13 de Março de 2013 também gera um treze na sua somatória, não só pela presença deste número no corpo da data.
Não se trata de uma coincidência, mas de uma marca simbólica de mudança e de uma força governada pelo Espírito Santo atuando sobre o Catolicismo.
Para a primitividade da razão, não haverá compreensão, mas quem tiver entendimento, também, terá consciência da Matemática Divina.
Através de Roma, temos um novo espetáculo de simbolismos, que ajudará aquele que quer avançar na sua evolução espiritual a perceber os sinais das transformações não captadas pela população geral.


Sempre fomos alertados a orar e vigiar... Eu coloco algo a mais: aprenda a calcular.
A Bíblia nos fala, através de 'dicas' iniciáticas, sobre a importância dos números, cálculos, principalmente, sobre o caso da besta.


Quem tiver olhos para ver, que veja!

A mudança já começou - Desperte!

Abraços fraternos!
Henriques



A Astrologia como Ciência

   Antes de escrever sobre o campo da Astrologia para o ano de 2011, é importante enfatizar que quem realmente conhece o Destino é Deus.

    O grande erro da maioria das pessoas é o de esperar que os oráculos ofereçam acontecimentos mundanos em sua vida, mas estas ciências milenares, como a Astrologia, trazem meios para a pessoa anular seus defeitos e se apoiar nas suas qualidades para melhorar e facilitar a sua passagem pela existência.

   O Oráculo, por exemplo, existe para se obter as respostas da divindade e, muitas vezes, o que Deus quer de nós não é o que desejamos. O verdadeiro oráculo responderá sobre questões de retidão, mas ser reto não é nada fácil para quem tem desejos humanos.

   Normalmente, os homens gostam mais das respostas que surgem do ego do que as que surgem da divindade. O ego sempre valorizará os prazeres mundanos, as paixões, as vaidades, o materialismo, etc. Para a divindade, estes setores não têm importância, pois a vontade de Deus é que saiamos das amarras da existência, por conseguinte, do destino.

  Não existe aqui a presunção de prever o futuro, mas, sim, analisar o movimento dos astros e as suas configurações durante uma etapa na Terra e o que estas configurações podem gerar sobre o sistema do planeta como ciência.  Se usarmos como exemplo a ciência meteorológica, descobriremos que é possível, através de estudos e tecnologia, prever o clima de uma região por um período, mas, todos nós sabemos que, apesar do avanço da Ciência, a natureza sempre será mais poderosa do que o homem. Desta forma, o que os estudos científicos apontam como tendências atmosféricas podem cair por terra, pois os ventos podem mudar ou outros fatores podem ocorrer e minar o que for previsto.

   Por isso, chama-se previsão do tempo, mas nunca se dá 100% de exatidão.

   No caso da Astrologia, muito do que ela pode oferecer ao homem ainda não se conhece ou se perdeu no tempo com os grandes sábios do passado.

   Dá-se muito valor, atualmente, à Astrologia preditiva e pouco aos seus ricos arquétipos psicológicos, que podem nos ajudar em nossa evolução, por isso, cai em descrença diante dos seres humanos mais racionais.

  Poucos homens ouviram o que os profetas e enviados de Deus, os avatares, tinham para falar sobre o universo e sobre como se libertar do engano do ego.

  Na verdade, o grande anticristo é a ignorância.

   A Astrologia pede e exige muito estudo e análise, tanto na formação do astrólogo quanto sobre o que se exterioriza daquilo que foi observado no desenho da carta natal, por exemplo.

   A Matemática do Universo e a Ordem Divinal nunca erram; as falhas existem pelas interpretações errôneas do homem. 

   
      
  "Respeito, um dos tentáculos do amor... Sábia decisão!"

   Henriques  


 

SER BOM

  Como é difícil lidar com os próprios egos, mas é pior ainda quando os egos alheios não querem ver o que é claro e prejudicam o coletivo.
  É como dirigir, pois devemos dirigir para nós e para os outros motoristas.
  Muitas pessoas pensam que os mestres são bonzinhos...
  Fuja das pessoas boazinhas.
  Pessoas boazinhas são educadas, fazem elogios, dizem palavras diferentes daquilo que realmente pensam, mas seus corações são moradas para o orgulho.
  O Arcanjo Miguel sempre conta que cada mestre assume uma personalidade na Terra, uma personagem para se manifestar aqui e agir para a humanidade, já que, para o Superior, o Espírito é o tudo e o nada, e não há máscara da persona que possa explicá-lo.
  Muitos mestres são educados, mas nunca bonzinhos.
  Os mestres são, na realidade, bons, o que indica que agem ao mesmo tempo com justiça e misericórdia, ou seja, o amor verdadeiro.
  Para a força do Amor, não defendemos uma pessoa que fez grande maldade só porque ela é do nosso sangue, da nossa família ou porque somos apaixonados por ela.
  Não se julga, mas a justiça será feita.
  Defendemos nossas crias, mas, se não cuidarmos das crias do mundo, o planeta não será lugar seguro para aqueles que protegemos no nosso cego afeto e falho julgamento.
  Muitos mestres são duros, discutem, às vezes, rispidamente, mas, para quem olha com a miopia da alma, este ser não presta, pois se tem na idéia nebulosa do homem que um enviado de Deus é sempre doce e pacífico.
  Jesus já se rebelou diante da mesquinharia humana ao vender a alma por tostões no templo sagrado e suou sangue por temer o seu duro destino.
  Alguns deuses, em diversas mitologias, muitas vezes, precisam se transformar em demônios para que se possa enfrentar outros poderosos demônios.
  O próprio Arcanjo Miguel se veste de armadura para vencer as forças infernais e decepa os pescoços de quem não é para e com Cristo.
  Se o fosse bonzinho, seria como se entregar de próprio gosto à boca do crocodilo.
  É como ser picado pela segunda vez por um escorpião.
  Ser bom é ter amor, mesmo ainda sendo falho e buscando evolução, mas não se pode ser justo sem ser misericordioso, assim como a Misericórdia seria enegrecida sem a Força da Justiça agindo.
  Muitas vezes, quem diz um sim, escraviza.
  Temos a imagem de Chico Xavier, Gandhi e Madre Tereza como símbolos de bondade e humildade, mas, se não fossem fortes, o mundo os engoliria antes de começarem as suas missões. Imaginar um ser frágil fisicamente como madre Tereza de Calcutá, pode impedir de perceber que a sua grande teimosia tenha sido a mola propulsora para conseguir fazer o bem no Oriente.
  Você pode imaginar que um ser de grande missão tenha teimosia?
  Chico Xavier foi chamado de vaidoso por usar peruca, mas não o impediu de realizar a sua doutrina.
  São pessoas em evolução como nós, só que com uma poderosa missão.
  Todos os enviados tiveram grandes inimigos contrários.
  Muitos que têm missões divinais na Terra estão perto de você agora e você não percebe, pois é uma pessoa comum aos seus olhos.
  Essas pessoas choram, são tentadas, explodem, magoam-se, mas estão trabalhando para o bem.
  As pessoas não imaginam que o Cristo já voltou. Sim, Ele está entre nós há muitos anos.
  O Cristo não voltou no mestre Jesus, mas em parcelas de milhares e milhares de criaturas que tentam hoje alertar o homem sobre a sua fatal queda. 
  Despertemos em tempo. O bonzinho é brilhante de vidro, é pirita, ouro de tolos.
  Sejamos bons, justos e retos.
  Podemos não ser entendidos; podemos, inclusive, perder muitos amigos, mas ganharemos outros valorosos companheiros chamados ANJOS.
  Deus os abençoe.
    
  "Respeito, um dos tentáculos do amor... Sábia decisão!"

   Henriques  

 DÚVIDA SOBRE O TARÔ MITOLÓGICO

(Resposta ao tópico de uma comunidade no orkut sobre dúvidas a respeito das edições diferentes do Tarô Mitológico)

Cada criador faz referências próprias.

É natural que cada criador ou ocultista use como base de trabalho suas próprias vivências. Muitos amam este apanhado, principalmente pelo desenho das cartas e por ter se tornado uma edição popular para o Tarô, facilmente encontrada nas livrarias. O mais valioso é o aspecto mitológico sendo aprendido ao lado da figuração mítica e de autoconhecimento do tarô neste livro.
O fato dos números serem invertidos, mudados de suas posições "aparentemente" naturais, não é um problema. Isto ocorre com outros tarôs e, conforme o neófito e estudioso vai se alimentando deste universo novo, ele vai, também, conquistando adaptabilidade para se trabalhar com as lâminas e entenderá que depende da linhagem, escola e semântica dos seus criadores. É uma leitura válida, pois, como amante da Astrologia, houve a participação de Liz Greene no projeto, que é "uma papisa no assunto". Com o passar dos tempos, os símbolos são modificados no seu processo mundano, por isso, é interessante que se aprofunde, que se leia, que se troque informações e busque sabedoria interna, já que muitos criadores dos Tarôs, por serem humanos, deixam escapar signos importantíssimos da sua tradição.
Boa leitura!

Henriques.

Como bom profissional ou ocultista, estude!

O Tarô de Marselha também captou elementos da sua época.

No caso do Tarô Mitológico, o importante é perceber a proposta das autoras como um universo arquetípico que nos ajuda na compreensão da mitologia como humanização. Até na vida comum, podemos ver filhas mais maduras que as próprias mães! Na Terra, tudo é possível. É bom ler, estudar e evitar "achismos". Todo ponto de vista precisa de bases. Isso só não ocorre no mundo acadêmico, mas no meio místico também, pelo empirismo e meditação, etc. Há outros materiais sobre o Tarot bem piores no mercado. Muitos destes materiais sem base alguma, com autores de almas fragmentadas, nem ligados ao autoconhecimento, mas, sim, ao ego puro. O tarot é escada evolutiva. Cada carta é um degrau. Se não for assim, é pobre uso do ego para adivinhação. O Tarô Mitológico é interessante por proporcionar dois estudos e a capacidade de refletir sobre os terrenos do Tarot e da Mitologia Grega. Historicamente não, mas, no caso do ocultismo clássico, nem mesmo o Tarot de Marselha é considerado puro na simbologia, mas é bom começar a estudar por ele. Acredita-se que o Egípcio tenha ainda representações mais sublimes de uma arte milenar sobre o Tarot que a História ainda não pode provar. Só temos tais dados de alguns séculos atrás. Então, estude sempre, medite e separe o joio do trigo. 

Henriques. 

 

Sobre o uso do Tarô e o Destino.

A teia da vida.

 

O Destino é a teia da vida... Quem estuda profundamente o Tarô, encontra o que está fadado ao homem no Arcano 10. O livre arbítrio nas mãos de um macaco, pode ser um jogo de xadrez de cabeça para baixo. Conforme o homem vai se lapidando, ele também corta os fios do destino. Quando nos conhecemos profundamente, o Destino se torna aliado e escravo, nunca senhor.

Na verdade, há outro aspecto importante para citar aqui:

O Tarô não tem tanta conexão com o destino da forma que as pessoas pensam, mas é ferramenta de aconselhamento e, melhor ainda, de evolução.

Fazer previsões tão objetivas não fazem parte da nau terapêutica ou de aprendizado no caminho do Tarô. Nenhum grande estudioso navegou por esses mares. Portanto, confie no tempo, haja com sabedoria, pois só a Divindade sabe verdadeiramente sobre o futuro.

Henriques

MENSAGEM DE AMOR.

Deus Todo Poderoso esteja com todos!

Lutem pelos seus Direitos, não sejam hipócritas com os semelhantes nem consigo.

Na Terra, tudo é ilusório, nossos Pais são Espirituais, portanto, nada daqui é a realidade que a Divindade quer para nós!

Muitas vezes, as pessoas precisam de seus empregos, suportam situações duras, são falsas com os superiores e, principalmente, falsas com o interior.

Não vendam suas almas por salários, pois não estamos aqui para isso.

Use o sistema ao seu favor, mas não se escravize a ele. O bem e o mal são criados por nós todos, já que temos, durante o dia, momentos do bem e momentos do mal. A Divindade é! O Amor é! O restante é morno... O restante é poeira no vento, passa, modifica-se. Nada é estagnado ou morto, pois até a pedra tem vida e se movimenta, só que muito lentamente para a nossa frágil inteligência perceber, assim como há seres de vibrações altas e não sentimos a sua presença. Sejam verdadeiros, já que a vida não é estratégia de jogo: O Xeque-mate (X-mate), a vitória, só ocorre quando despertamos, quando acordamos da Matrix. Vivam o hoje e o agora. Tudo o que ocorre ao redor é ilusão, então, todos se identificam com o mundo e os nossos sentimentos, conceitos e vivências se tornam ilusão também. Tudo o que é do mundo fica no mundo... Tudo o que se retém do mundo, fica também na Terra. Só o que se aprende com o coração, podemos levar para o Espiritual. Façam o seu melhor na vida, atendam com carinho e dedicação. Podemos falhar, mas se repetimos falhas, nós nos aproximamos da bestialidade. Somos pedra bruta que precisa ser lapidada. Sejam puros como as crianças, senão as orações mal podem ser ouvidas do alto. Não se importem com a maldade que direcionaram a vocês, pois só o Ego sofre com a crítica, só o orgulho se fere com o opositor. Portanto, se seguir seu caminho na compreensão espiritual, todo o restante deixe com os anjos. Não lute com o que não pode mudar. O outro, as pessoas no geral, nós não mudamos. Só podemos mudar nós mesmos, por isso, por que tanta luta? Por que o “outro” não presta? Não presta porque não é o seu modelo de vida. Não presta porque se choca com o seu Ego. Não presta porque pensam que o “outro” não é espelho... Na Terra, vencem os que têm vaidade. Cuidado ao aclamar pessoas, pois, normalmente, aplaudimos sacos de orgulhos, não pessoas. Não basta terem altas posições, se venderem suas almas. Não basta terem altas posições, se nada fazem pelas pessoas. Os animais, plantas, minerais também são semelhantes, pois Deus nos criou à imagem do Espírito e não da carne. Na verdade, nossos pais, nossos filhos, nossos irmãos, nossa família no geral, não são nossos, nem nossa real família. Somos todos filhos do Altíssimo, em Espírito.

Nossos pais na Terra são nossos irmãos. Nossos filhos são, na realidade, nossos irmãos, etc. Vivemos personagens passageiros na existência, por isso, não se apeguem. Independente de religião, amem, perdoem e sigam! Não cobrem posições dos amigos, presenças, pois as pessoas poderão responder aos seus apelos apenas na carne, mas o coração não estará presente, será apenas etiqueta. Amar não é reter. As ilusões da Terra nos puxam para o seu seio (Lua), impedindo a pessoa de subir e, ao tentar subir, as dificuldades das Leis Universais (Saturno) nos impedem de chegar ao Pai, sair da Matrix. Façam o seu melhor no Amor, mesmo que a maioria acredite, por preconceito, que vocês tomaram posições ruins.  Saibam que o Amor não agrada na política, o Amor não vai polir seus Egos, o Amor não segue etiqueta.

Deus Pai-Mãe abençoe a todos!

Henriques.


   

 

Florais de Bach pela Carta Natal.‏


Olá.
Muitas pessoas já ouviram falar sobre Terapia Floral de Bach.
Trata-se de uma terapia vibracional, ou seja, não atua no campo físico diretamente, mas, através do processo de sintonia vibracional da essência sutil, a pessoa estabelece uma reforma equilibradora íntima.
A doença física não ocorre antes que os nossos corpos sutis fiquem doentes.
Problemas emocionais costumam ser gatilhos que explodem ações de desequilíbrio dos corpos sutis para o corpo físico.
Muitas pessoas confundem os Florais com as ações químicas do tratamento alopático e, por isso, criticam a terapia floral por acharem que ela não cura, que nada sentem 'fisicamente' após terem tomados suas gotas de essências.
No entanto, a sua função é essencial, tratando do íntimo para fora.
A natureza dá sinais ao homem de como ter boa saúde, basta observar.
O design de uma noz lembra o cérebro e existe neste elo um referencial indicando substâncias contidas no fruto importantes para a mente.
No caso dos Florais do Dr. Bach, eu sempre uso o exemplo da essência Rock Rose:
É uma linda e delicada flor, mas que se desenvolve entre as rochas.
Este sinal da natureza foi interpretado pelo Dr. Bach como uma personalidade branda que convive com a rispidez.
Portanto, ajuda no equilíbrio daqueles que se identificam com o mesmo processo.
A nossa Ciência Moderna ainda pesquisa assuntos do universo material, mas o segredo está no sentido contrário, do espiritual para o material, pois o tridimensional perece, é pura ilusão.
Não se trata de crença, mas de uma Ciência Superior, Universal e Divina.
Com o tempo e a evolução humana, estes conhecimentos se tornarão cada vez mais claros.
Através das pesquisas do autor Peter Damian, eu tenho trabalhado com Terapia Floral observando o mapa astral do indivíduo.
Com um estudo minucioso, podemos encontrar as principais essências que buscam sintonizar a pessoa com as qualidades da sua personalidade.
Abraços.
Henriques

 

 

Crie um site gratuito com o Yola